Cristiana Bastos – IP

Cristiana Bastos (PhD CUNY 1996) é antropóloga e integra o Instituto de Ciências Sociais desde 1990. Os seus interesses intersectam antropologia, história e estudos sociais da ciência, tendo-se materializado em linhas de pesquisa sobre dinâmicas populacionais, mobilidade transnacional, biopolítica colonial, medicina e império, história social da saúde e do bem-estar. Os contextos de investigação incluíram o Algarve interior, o Brasil urbano, os Estados Unidos, a cidade de Lisboa, Goa colonial, Moçambique e, no âmbito do novo projecto, a Guiana, o Hawaii e sobretudo os fluxos de deslocamento migratório entre impérios. Leccionou nas Universidades de Lisboa, Coimbra, ISCTE, Brown, UMass, UNICAMP, UERJ, foi pesquisadora convidada no Instituto Max Plank de História da Ciência (Berlim), no East-West Center (Honolulu), e conferencista no Museu Nacional-UFRJ, FIOCRUZ, UFSC, UFRGS, UnB, Yale, Chicago, Oxford, JNU, U Eduardo Mondlane, U Hawaii-Manoa, U C Berkeley, U St Andrews, entre outras. Entre as publicações recentes contam-se os livros Healing Holidays (c H Naraindas, Routlegde – 2015),  A Circulação do Conhecimento(Imp. Ciências Sociais- 2013), Clínica, Arte e Sociedade(Imp. Ciências Sociais, 2011), e artigos nas revistas Medical Anthropology, History and Anthropology, Social Analysis, American Anthropologist, Bulletin of the History of Medicine, International Migration, Journal of Southern African Studies, Identities, Análise Social, Etnográfica, entre outros. É actualmente coordenadora do grupo de investigação “Identidades Culturas e Vulnerabilidades”, no ICS. No projeto The Colour of Labourestá diretamente envolvida em pesquisa de campo na Guiana, Hawai’i, Nova Inglaterra e Angola.

página pessoal